Futebol

média de público no Brasileirão vai superar à do futebol europeu

Foto: Matheus Lima/Vasco

Média de público do Brasileirão vem crescendo ano a ano –

Não faz muito tempo que o contraste entre os jogos de lar enxurro na Europa e os estádios vazios no futebol brasiliano saltavam aos olhos, mas isso tem mudado. O Campeonato Brasílio tem atingido recordes de público seguidos – ano pretérito o número foi de 26,5 milénio espectadores – e a tendência é que o número continue a crescer.

Projeção inédita do Torcedores.com mostra que daqui a oito anos a média de torcida por partida na principal competição do país deve superar a que se vê na escol do Velho Continente. Atualmente, a diferença ainda é de mais de 11 milénio pessoas.

Porquê se chegou ao resultado?

A projeção recorreu à ciência de dados para chegar à desenlace de que o Brasileirão de 2032 terá média de público de murado de 33,8 milénio. O site “Worldfootball” serviu porquê manancial primária das informações sobre público no Brasílio e nas cinco principais ligas nacionais europeias: Inglaterra, Espanha, Alemanha, Itália e França. E a confrontação foi feita entre os números da competição brasileira, de um lado, e os dados das competições europeias, porquê um só conjunto, de outro.

Foram coletados os dados referentes a público entre 2003 e 2023, descartados os anos de 2020 e 2021, afetados pela pandemia da Covid-19, que impôs restrições de torcida nos estádios.

Na sequência, os dados foram submetidos a regressões polinomiais, capazes de identificar tendências e padrões existentes a termo de estabelecer projeções. O número considerado das ligas europeias, em patamar de segurança, foi de 32,9 milénio torcedores por partida.

O marco dos 30 milénio torcedores em média

De negócio com a projeção, daqui a cinco anos, o Campeonato Brasílio cruzará a risco dos 30 milénio torcedores em média por partida. Aumenta a perspectiva de prolongamento o roupa de a taxa de ocupação dos estádios ainda não ser tão subida. Na edição do Brasílio deste ano, a média de capacidade dos estádios onde as equipes mandarão seus jogos é de 44,6 milénio pessoas.

14 estádios dos 19 onde os times devem mandar seus jogos em 2024 possuem capacidade para 30 milénio pessoas ou mais. Em outras palavras, há espaço disponível para comportar um aumento de demanda. Diferentemente do que acontece no futebol europeu, onde os estádios já estão com a taxa de ocupação supra dos 90%.

LEIA MAIS
: Carpini deixa São Paulo com aproveitamento pior que seus antecessores

O prolongamento do público no Brasileirão

Em 2003, primeiro ano em que os dados foram coletados, a média de público do Campeonato Brasílio foi de 11,3 milénio torcedores por partida. Vinte anos depois, o número mais do que dobrou.

O salto acontece com a ingresso dos novos estádios construídos para a Despensa do Mundo de 2014 na rotina do torcedor brasiliano. Não necessariamente maiores, mas mais modernos e confortáveis que os antecessores, atraiu mais torcedores aos estádios brasileiros. Em 2014, a média de público foi de 16,9 milénio torcedores.

Ou por outra, a presença cada vez mais frequente de jogadores de bom nível brasileiros e estrangeiros tem tornado a competição mais interessante para os torcedores. Desde o retorno de medalhões brasileiros, porquê Ronaldinho Gaúcho, Adriano e Hulk, passando pela permanência no país de jogadores com nível europeu, porquê Paulinho, Arrascaeta, Pedro, Gabigol, Raphael Veiga, entre outros. Chegando até à vinda de craques estrangeiros para o país, porquê Seedorf, Suárez e Payet, tudo isso leva mais torcedores para os estádios ao volta do Brasil.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook
.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios