Futebol

‘Temos provas que o Palmeiras vem sendo beneficiado’, diz John Textor

Foto: Vitor Silva/Botafogo

“Temos provas de que o Palmeiras vem sendo beneficiado”, diz John Textor

Proprietário da SAF do Botafogo, John Textor
protagonizou uma polêmica nesta segunda-feira (01). O empresário norte-americano afirmou ter provas “100% confirmadas” de que o Palmeiras
teria sido beneficiado pela arbitragem nas últimas temporadas.

“Ano pretérito foi turbulento. Não vou deixar o que aconteceu ano pretérito passar vencido. Estamos em uma novidade temporada. Temos provas pesadas, 100% confirmadas de que o Palmeiras vem sendo beneficiado por manipulação de resultados por pelo menos duas temporadas. Desculpe se isso vai gerar fragor, mas tenho provas, vou mandar aos procuradores. Estou cá para tutorar a honra do meu clube. Posso prometer a vocês que ninguém vai mexer nas nossas partidas desse ano”, disse John Textor
em entrevista ao “Via do Medeiros” no Youtube.

Veja aquém galeria de fotos de John Textor:

Esta não é a primeira vez que Textor cita o Palmeiras
ao falar sobre supostas manipulações de resultados. No mês pretérito, o americano afirmou que algumas partidas das últimas três edições do Brasileirão foram corrompidas, e que a goleada do clube paulista por 4 a 0 sobre o Fortaleza, em 2022, estaria entre os jogos suspeitos.

Na ocasião, o Palmeiras se manifestou contra Textor por meio de uma nota solene: “A Sociedade Esportiva Palmeiras informa que tomará todas as medidas legais cabíveis contra o possessor da SAF do Botafogo, John Textor, para que ele responda pelas declarações irresponsáveis e levianas que, recorrentemente, têm envolvido o nome do atual bicampeão brasílio”, disse o clube em segmento do transmitido.

Apesar de todas as acusações de manipulação de resultados, John Textor ainda não apresentou nenhuma prova. O empresário não estaria disposto a mostrar os supostos documentos que possui para o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). Ele já afirmou, em algumas ocasiões, que deseja entregar o material ao Ministério Público e à Polícia Federalista.

Quer permanecer por dentro das principais notícias do dia?
Clique cá e faça segmento do nosso meato no WhatsApp

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios