Futebol

Prova em Cunha do Tour de France apresenta briefing técnico

Foto: Letapebrasil

Prova em Cunha do Tour de France apresenta briefing técnico

O L’Étape Brasil by Tour de France realizou o briefing técnico tradicional para os mais de 1.000 atletas amadores que competirão na lanço de Cunha (SP) neste domingo (7).

Na fenda dos eventos de 2024, os participantes enfrentarão distâncias desafiadoras: 110 km com 2.870 metros de altimetria acumulada e 59 km com 1.300 metros de altimetria acumulada.

O L’Étape Cunha é reconhecido uma vez que uma das provas mais difíceis do calendário vernáculo de ciclismo de estrada, devido às suas subidas e curvas no interno de São Paulo, além do esperado calor no termo de semana.

Durante o briefing técnico, especialistas uma vez que o diretor Fernando Cheles e a treinadora Gisele Gasparotto detalharam os dois percursos, apresentados por Leandro Pricoli.

Os participantes desfrutarão de ruas e estradas totalmente fechadas, além de vários pontos de hidratação e alimento ao longo da rota. A prova principal terá cinco pelotões, com largada às 7h, enquanto o trajectória mais limitado começará às 8h.

“Fornecer uma experiência semelhante à dos atletas profissionais do Tour de France é o nosso objetivo. Queremos que os participantes vivenciem o planejamento, não unicamente pedalem. A chegada, principalmente na subida em frente à igreja, com muitas pessoas aplaudindo, é o momento peculiar”, compartilhou Fernando Cheles.

“Cada erro pode ser custoso no ciclismo, por isso é importante estudar e treinar. Nosso objetivo é que os atletas evoluam, por isso investimos em transmitir conhecimento a cada ano”, acrescentou.

Embora Cunha (SP) não possua grandes montanhas, os pequenos morros desafiam os ciclistas amadores, com 2.870 metros de altimetria acumulada. A maior subida será na Serra do Mar nos primeiros 25 quilômetros, seguida por 60 quilômetros de terreno ondulado. O calor pode influenciar o desempenho em ambos os percursos.

Gisele Gasparotto recomenda que os participantes compreendam os detalhes do trajectória e controlem a velocidade em pontos estratégicos. “A lanço de Cunha é desafiadora devido às subidas íngremes. Estudar a altimetria e testar as subidas localmente é crucial. Reconhecer a pista previamente é recomendado. Sou fã do L’Étape em todas as edições”, afirmou.

Aliás, o L’Étape Brasil premiará os melhores escaladores no Duelo Rei e Rainha da Serra, que ocorrerá no trecho entre os quilômetros 70 e 74, no sentido Campos Novos. Em 2023, os vencedores foram Bruno Martins Lemes e Juliana Missen Cipriano.

Os participantes podem decrescer o Guia Solene, que inclui mapas, horários, GPX e regulamento da prova, no site solene.

Desde 2023, a competição de ciclismo de estrada conta com três provas em seu calendário, incluindo Cunha, Campos do Jordão (SP) no final de setembro e Rio de Janeiro no último termo de semana de junho. Os atletas podem esperar uma estrutura de subida qualidade, semelhante às grandes provas europeias, e segurança em todos os momentos, além do Village.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios