SAÚDE

Sesap troca garrafa de amaciante utilizada como sonda por bolsa coletora. Entenda

Uma situação grave envolvendo um idoso de 82 anos, internado no Hospital Walfredo Gurgel, que tem utilizado um frasco de amaciante uma vez que sonda, ganhou grande repercussão na manhã desta quarta-feira (27), em seguida sua filha, Aurea Medeiros, denunciar a situação ao Sentinela da Cidade. A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), comunicou, em nota, que “realizou uma série de ações para solucionar o caso.”

Leia mais: Denúncia: garrafa de amaciante é utilizada uma vez que sonda por idoso em hospital de Natal

Segundo a Sesap, a primeira medida tomada pela secretaria foi ampliar o estoque de bolsas coletoras, substituindo, assim, a sonda improvisada utilizada pelo senhor Francisco Quirino da Silva. A pasta afirmou ainda que 20 novos suportes de soro foram encaminhados ao hospital. Nas imagens feitas por Aurea, cordas serviam de suporte para suspender o soro fisiológico utilizado nas medicações do paciente.

O Ponta Negra News entrou em contato com Aurea Medeiros, que confirmou que o pai já está com a sonda regularizada e que ele foi transferido para uma Unidade Semi-Intensiva.

Pregão. Rolar para continuar lendo.

Leia a nota da Sesap na íntegra:

“NOTA

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e a direção do Hospital Walfredo Gurgel vem à público para reconhecer a situação veiculada pela prelo e informar que, ao longo desta quarta-feira (27), realizou uma série de ações para solucionar o caso. A primeira medida foi a ampliação emergencial do estoque de bolsas coletoras, a partir de medidas conjuntas com outras entidades, com o objetivo de atender a demanda da unidade dentro dos próximos dias. A segunda ação foi o reforço na quantidade de suportes de soro, com 20 novos equipamentos encaminhados à unidade para atendimento emergencial. A Sesap e a direção do hospital seguem trabalhando para solucionar as questões, evitando a repetição de uma situação episódica uma vez que a que hoje foi apresentada.”

Pregão. Rolar para continuar lendo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios