Futebol

Seabra fala em desgaste e lamenta perda de Romero

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Mateus Vital comemora o gol de empate do Cruzeiro contra o Fortaleza

Depois o empate em 1 a 1 com o Fortaleza, o treinador Fernando Seabra elogiou muito a entrega dos jogadores do Cruzeiro. Por outro lado, ele alertou para o desgaste do elenco, causado pelo calendário apertado e também pela mudança recente no comando da Raposa.

“Com três dias de jogos, é inviável restabelecer. Jogadores entram fadigados. Quem tem menos minutagem, entra com todo ritmo e consegue mudar o jogo. A gente esperava que isso acontecesse, com as quantidades de trocas, para jogar o time para cima. Infelizmente, não fomos muito recompensados”, comentou Seabra.

Aliás, Fernando Seabra poupou o zagueiro Zé Ivaldo. Assim, colocou João Marcelo no lugar. Leste, inclusive, foi elogiado pelo comandante cruzeirense.

“A gente entendeu que, para o cenário do jogo, o João Marcelo reunia características defensivas e ofensivas, que faria mais sentido. Ao mesmo tempo, a gente vem trabalhando e estimulando todos no sentido que desenvolvam para conformidade e organização do jogo. Paladar muito de trabalhar com os três. O Zé história muito, porque tem qualidades ofensivas e de duelo. Vamos buscar lastrar para que ele consiga, para voltar com um desempenho consistente. Ele é um magnífico profissional. Estou bastante satisfeito com ele também”, acrescentou Seabra.

Com o resultado, o Cruzeiro tem quatro pontos no Brasileirão. Assim, aparece em quinto lugar, detrás de Flamengo e Inter (6), Juventude e Red Bull Bragantino (4). Na próxima rodada, aliás, o time comandado por Fernando Seabra irá visitar o arquirrival Atlético-MG no sábado (20), às 20h.

Para esta rodada, o treinador Fernando Seabra já sabe que não poderá descrever com o volante Lucas Romero, finalmente, ele recebeu dois amarelos e foi expulso. Por outro lado, naturalmente, Zé Ivaldo pode voltar ao time titular.

“O Romero, dentro desses oito dias, estou satisfeito com a postura, atitude e propagação dentro da nossa proposta. Temos jogadores trabalhando para assumir essa oportunidade. São situações que acontecem no futebol. Não preciso antecipar zero agora. Mas, ao mesmo tempo, é uma carência sentida”, concluiu Fernando Seabra.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios