SAÚDE

uma alternativa para a dor de dente

Pixabay

O canabidiol (CBD) tem se engrandecido uma vez que um potencial agente analgésico na odontologia

Na odontologia, já há muitas evidências da eficiência dos canabinoides para dores crônicas, de maneira universal. O uso da substância tem sido mais estudado para disfunção temporomandibular (DTM), bruxismo e, mais recentemente, uma vez que acelerador de processos reparadores, anti-inflamatórios e cicatrizantes.

O canabidiol (CBD) tem se engrandecido uma vez que um potencial agente analgésico na odontologia devido às suas propriedades anti-inflamatórias e analgésicas. Levante formado é um dos principais canabinoides encontrados na vegetal Cannabis sativa, conhecida popularmente uma vez que maconha, mas dissemelhante do tetrahidrocanabinol (THC), o CBD não possui efeitos psicoativos, o que o torna seguro para uso medicinal.

Os princípios ativos do CBD estão relacionados à sua interação com o sistema endocanabinoide do corpo humano. Levante sistema consiste em receptores encontrados no sistema nervoso mediano e periférico, que desempenham um papel importante na regulação da dor, inflamação e outras funções fisiológicas.

Quando governado corretamente, o CBD atua uma vez que um modulador dos receptores canabinoides, reduzindo a transmissão de sinais de dor e diminuindo a inflamação. Isso o torna uma opção promissora para o controle da dor em procedimentos odontológicos, uma vez que extrações dentárias, tratamento de via e outras intervenções que podem fomentar desconforto e dor aos pacientes.

Ao contrário de muitos analgésicos tradicionais, o CBD é considerado uma opção mais segura e com menos efeitos colaterais. Estudos têm demonstrado que o uso tópico de produtos contendo CBD, uma vez que pomadas ou géis, pode proporcionar conforto da dor localizada sem os efeitos adversos associados a medicamentos opioides ou anti-inflamatórios não esteroides (AINEs).

Outrossim, o CBD também pode ser utilizado de forma sistêmica, por meio de cápsulas, óleos ou outras formulações. Nesses casos, o CBD atua não somente no lugar da dor, mas em todo o sistema endocanabinoide, proporcionando um efeito analgésico mais abrangente.

É importante ressaltar que, embora o CBD tenha mostrado resultados promissores no controle da dor, seu uso na odontologia ainda está em temporada de estudos e pesquisa.

Cada paciente deve ser medido individualmente por um profissional de saúde qualificado antes de iniciar qualquer tratamento com CBD, levando em consideração seu histórico médico, condições pré-existentes e outras medicações em uso.

O canabidiol apresenta-se uma vez que uma escolha eficiente e segura para o controle da dor na odontologia, graças às suas propriedades analgésicas e anti-inflamatórias.

Porquê cirurgiões dentistas e prescritores da terapia canabinoide, devemos expandir nosso conhecimento e explorar essa novidade fronteira, adotando práticas baseadas em evidências científicas para oferecer opções de tratamento inovadoras e melhorar a qualidade de vida dos nossos pacientes.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios