Futebol

Paulinho faz dois e Atlético goleia Caracas em estreia na Libertadores

Foto: Pedro Souza/Atlético

Galo começou muito, com ampla superioridade na Venezuela

Nesta quinta-feira (4), na Venezuela, o Atlético Mineiro
goleou o Caracas
por 4 a 1, começando com o pé recta sua jornada na Despensa Libertadores
da América. O destaque ficou por conta de Paulinho, que balançou a rede duas vezes e garantiu os três primeiros pontos do Galo, num jogo em que a equipe dominou completamente os donos da mansão. Agora, o pensamento dos atleticanos é na final do Campeonato Mineiro, domingo, contra o Cruzeiro.

Primeiro tempo

Já desde o primórdio, ficou evidente que o Atlético era muito mais time que o Caracas. Assim, o primeiro gol não tardou a transpor, quando um escanteio cobrado na espaço e um golpe ruim da resguardo deram a Bruno Fuchs a liberdade para escorar e fazer 1 a 0, aos 12 minutos. Hulk quase aumentou, em pontapé acabou salvo em cima da risco, mas Guilherme Arana não perdoou quando teve a chance. Ele soltou uma petardo de canhota e venceu o goleiro Faríñez, marcando um belo gol. E ainda houve tempo para Paulinho, em intercepção de Arana, aumentar.

Segundo tempo

Na segunda lanço, já com a vantagem nas mãos, o Caracas se engraçou para cima do Atlético. Não sem antes Alisson passar perto de aumentar o placar, em pontapé que raspou a trave. Mas, logo na sequência, Pernía cabeceou, Éverson defendeu parcialmente e Pérez concluiu para diminuir o placar. Ainda assim, o Galo seguia melhor e matou o jogo aos 24 minutos: Paulinho, em bela jogada individual, bateu cruzado, no ângulo, marcando mais um belo gol. A vantagem só não foi maior ainda pois os atleticanos erraram o escopo nas tentativas seguintes, o que não afetou a goleada. No Caracas, Pernía levou transe numa cabeçada, mas Éverson fez formosa resguardo.

CARACAS 1×4 ATLÉTICO

1ª rodada do Grupo G da Despensa Libertadores da América

Data e horário:
04/04/2024, às 19h (de Brasília)
Sítio:
Estádio Olímpico, em Caracas (Venezuela)
Avaliador:
Jhon Ospina (COL)
Assistentes:
Jhon León (COL) e Miguel Roldan (COL)
VAR:
Nicolás Gallo (COL)
CARACAS:
Fariñez; Casiani, La Mantía, Quijada e Rivas; Ortega, Contreras (Edet, pausa) e Rodríguez (Reinoso, 42’/2ºT); Echenique, Pernía (Figueroa, 47’/2ºT) e Pérez (Jiménez, 28’/2ºT). Técnico:
Henry Meléndez.
ATLÉTICO:
Éverson; Saravia, Bruno Fuchs e Jemerson; Alisson, Battaglia (Otávio, pausa), Zaracho, Igor Gomes (Gustavo Scarpa, pausa) e Guilherme Arana (Cadu, 30’/2ºT); Paulinho (Paulinho, 36’/2ºT) e Hulk (Vargas, 36’/2ºT). Técnico:
Gabriel Milito.
Cartões amarelos:
não houve
Gols:
Bruno Fuchs, 12’/1ºT (0-1); Guilherme Arana, 32’/1ºT (0-2); Paulinho, 44’/1ºT (0-3); Pérez, 9’/2ºT (1-3); Paulinho, 24’/2ºT (1-4)

Veja mais novidades sobre o mundo da esfera e todos os esportes no Brasil e no mundo  acompanhando nosso site.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios