Futebol

São Paulo repudia declarações de Textor e aciona advogados

Foto: Vítor Silva/Botafogo

Textor acusou jogadores do São Paulo de manipulação

Na noite desta segunda-feira (1), o São Paulo repudiou as acusações de John Textor, CEO da SAF do Botafogo, sobre a suposta manipulação de jogadores na goleada sofrida por 5 a 0 para o Palmeiras
. O encarregado da sociedade botafoguense não apresentou evidências sobre esta arguição. Assim, o Tricolor Paulista afirmou que pretende tomar as medidas legais e cabíveis através de seu departamento jurídico.

As acusações surgem no mesmo dia em que o dirigente botafoguense garantiu ter provas de benefícios da arbitragem ao Palmeiras
, nos últimos dois Campeonatos Brasileiros. Entretanto, uma vez que no caso ulterior, não as apresentou.

“O São Paulo Futebol Clube tomou conhecimento e repudia veementemente as graves e infundadas acusações de participação de atletas do elenco tricolor em manipulação de resultado feitas pelo proprietário da SAF Botafogo. Tal asserção sem nenhum vestígio de prova ataca a idoneidade de jogadores do elenco profissional masculino e a lisura da instituição São Paulo FC em seus 94 anos de história. O clube já acionou seu departamento jurídico, que estudará e tomará as medidas cabíveis na esfera lícito”, diz a nota.

As declarações de Textor vêm causando celeuma no meio do futebol brasiliano. Tais protestos começaram ainda no termo de 2023. Também nesta segunda-feira, por meio de nota solene, o Palmeiras chamou o dirigente do Botafogo de ‘caricato’ e qualificou uma vez que ‘bizarra’ o que considerou uma justificativa para a perda do título brasiliano de 2023.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook
.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios