NOTÍCIAS ESPORTE

Defesa de Robinho recorre ao STF e pede habeas corpus para evitar prisão imediata

A resguardo do ex-jogador Robinho protocolou no Supremo Tribunal Federalista (STF), às 23h10 dessa quarta-feira (20), um pedido de habeas corpus (HC nº 239.162) para impedir a prisão imediata do ex-atleta do Santos e da Seleção Brasileira, julgado e sentenciado na Itália a satisfazer pena de nove anos por estupro coletivo.

Advogados pedem ao STF que seja suspensa a decisão de ontem do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Em plenário, 9 dos 15 juízes que formam a Golpe Privativo (ou seja, a maioria) votaram pela validação do pedido da Justiça italiana que solicitava o cumprimento da pena no Brasil.

A indicação é que a decisão seja cumprida imediatamente e em regime fechado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios