Notícias

Deputado bolsonarista discursa em inglês em ato: ‘Musk está olhando’

Reprodução

Gustavo Gayer discursa em inglês

Neste domingo (21), durante um ato em suporte ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL-RJ) na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, o deputado bolsonarista Gustavo Gayer (PL-GO) surpreendeu ao discursar em inglês. O parlamentar justificou a escolha do linguagem, afirmando que “Elon Musk está olhando” e, por isso, queria que sua mensagem fosse compreendida em contexto internacional.

Gayer iniciou seu oração em português, destacando a presença de Elon Musk no cenário global e sugerindo que suas palavras poderiam invocar a atenção do empresário.

“Vou mandar um último recado, desta vez para o mundo todo escutar. Vou falar em inglês porque com certeza o Elon Musk está olhando o que está acontecendo cá agora”, afirmou o deputado antes de trocar para o inglês.

“É uma mensagem para o mundo. Olhem o que está acontecendo no Brasil hoje. O que vocês veem cá são pessoas que amam a liberdade lutando por democracia. São pessoas que amam a liberdade e não desistem, que não se curvam à ditadura. São pessoas dispostas a dar as suas vidas e que nunca vão desistir. Nós seremos a esperança do mundo”, declarou Gayer em outro linguagem.

Outrossim, o deputado bolsonarista aproveitou o momento para lutar o ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federalista, o que serviu porquê um “combustível” aos apoiadores presentes no ato.

O presidente Bolsonaro também elogiou Elon Musk durante seu oração, chamando-o de “mito” e criticando Moraes e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Outro nome que destacou a valor de Musk foi Nikolas Ferreira (PL-RJ), que pediu aos bolsonaristas presentes que aplaudissem o empresário.

Quer permanecer por dentro das principais notícias do dia? Clique cá e faça secção do nosso meio no WhatsApp

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios