Notícias

Sem provas, Musk diz que Moraes  ‘interferiu nas eleições no Brasil’

Reprodução/Instagram

O ministro do STF Alexandre de Moraes e o bilionário Elon Musk

Elon Musk, possuinte do X (vetusto Twitter), voltou  a referir o ministro do Supremo Tribunal Federalista (STF), Alexandre de Moraes, na quinta-feira (18). Ele disse que o ministro “certamente interferiu nas eleições no Brasil”. 

O glosa aconteceu quando Musk compartilhou uma publicação do jornalista Michael Shellenberger, responsável da reportagem sobre o Twitter Files Brazil, afirmando que o magistrado mandou banir mais de 150 perfis de políticos das redes sociais.

Em sua publicação, o jornalista estadunidense fala sobre interência eleitoral do ministro, alegando que as proibições interferem em uma forma de informação com os eleitores. 

“Moraes exigiu essas proibições em processos secretos, sem explicação ou meios de recurso, e em plataformas de redes sociais. Dada a sujeição dos líderes eleitos das redes sociais, essas exigências de proibições podem constituir interferência eleitoral”, diz Shellenberger.

As informações citadas por Shellenberger constam no documento divulgado pela Percentagem de Assuntos Judiciários da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos.

No documento, a percentagem acusa o magistrado de “verberar” qualquer oposição brasileira com “uma plataforma de sátira” ao atual “governo de esquerda”, em referência ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O texto menciona o embate entre o X e Moraes que se segue desde que Elon Musk, possuinte da rede social, chamou o magistrado de “ditador” e disse que o ministro deveria suportar impeachment.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios