Notícias

Brasileiros são agredidos na Irlanda e expostos no Tiktok

Reprodução

Mateus Gonzalez Serafim e Frederico de Lima Costa foram agredidos na Irlanda

Dois brasileiros foram vítimas de agressões na última sexta-feira (12) em Limerick, na Irlanda, em caso separados que foram filmados e publicados no Tiktok, causando indignação. Os ataques, considerados por autoridades uma vez que motivados por xenofobia, estão sendo investigados pela polícia lugar.

Os brasileiros agredidos foram identificados uma vez que Frederico de Lima Costa, de 34 anos, e Mateus Gonzalez Serafim, de 21 anos.

Ambos estavam voltando do trabalho para morada quando foram atacados por um grupo de três homens em locais diferentes, mas próximos um do outro, com uma intervalo de murado de 100 metros.

Frederico, oriundo de Minas Gerais e residente na Irlanda desde junho de 2023, trabalhava uma vez que facilitar em um restaurante. Ele tentou fugir, mas foi obtido pelos agressores, que só pararam posteriormente a mediação de outro brasílio que trabalha uma vez que segurança em um bar próximo ao lugar da agressão.

Por sua vez, Mateus, funcionário de uma loja de colchões, foi fim de um soco no queixo por um dos agressores, conseguindo evadir da cena.

Os ataques foram filmados e publicados em um perfil no TikTok especializado em exibir infrações de trânsito, alcançando mais de 20 milénio visualizações até a remoção da publicação pela plataforma.

Além desses dois casos, no sábado (13), um terceiro brasílio, identificado uma vez que Roberto Gomes dos Santos Júnior, de 33 anos, foi agredido ao trespassar do trabalho com seu irmão.

O assaltante questionou a nacionalidade dos brasileiros e, ao receber a resposta, atingiu Roberto na cabeça com um objeto.

As autoridades locais abriram uma investigação para identificar e responsabilizar os agressores. A embaixada brasileira na Irlanda está acompanhando de perto o caso para prometer o escora necessário às vítimas.

Quer permanecer por dentro das principais notícias do dia? Clique cá e faça segmento do nosso ducto no WhatsApp

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios