ECONOMIA

Petz e Cobasi anunciam fusão e criam gigante do ramo de pet-shop

Sophia Bernardes

Petz (PETZ3) já havia comprado a Zee.Dog por R$ 715 milhões

A Petz e a Cobasi, duas gigantes do setor de animais de estimação, revelaram uma fusão que as unirá em um novo predomínio com um faturamento conjunto de R$ 6,9 bilhões e uma rede de 483 lojas.

Nesse congraçamento, será realizada uma troca de ações entre as empresas. Até o momento, foi assinado unicamente um memorando de entendimento. A desenlace da operação está sujeita à aprovação dos órgãos reguladores. Em seguida a fusão, cada uma das empresas deterá 50% da novidade companhia.

O preço da ação da Petz, base para essa transação, foi estabelecido em R$ 7,10, conforme expedido ao mercado. Aliás, está prevista a distribuição de R$ 450 milhões aos acionistas da empresa. Esses valores ainda podem ser ajustados durante o processo.

“A operação implicará a união de duas companhias com modelos de negócios e direcionamentos estratégicos similares, com o fortalecimento da omnicanalidade na plataforma combinada, proveito de graduação e potencialização da estratégia mercantil”, diz a Petz na nota.

Estabelecido pela Petz, a relação de troca entre as empresas foi calculada considerando o preço por ação de R$ 7,10, representando um aumento de 102% em relação ao fechamento das ações no pregão anterior.

O memorando de entendimento prevê que, ao final da operação, 50,0% do capital social da novidade sociedade será impedido pelos acionistas da Petz e os outros 50,0% pelos acionistas da Cobasi. Aliás, está estipulada uma distribuição de R$ 450 milhões em moeda pátrio aos acionistas da Petz, sujeita a ajustes.

No contexto do memorando, Petz e Cobasi comprometem-se a negociar exclusivamente visando à desenlace da operação, evitando negociar com terceiros em transações similares.

A concretização da fusão depende da negociação e da assinatura dos documentos definitivos, muito uma vez que do cumprimento de condições prévias, incluindo a aprovação pelo Parecer Administrativo de Resguardo Econômica (Cade) e a realização de diligências legais, operacionais, contábeis e financeiras.

O Itaú BBA foi contratado uma vez que assessor financeiro pela Petz, enquanto o escritório Lefosse Advogados atua uma vez que assessor jurídico. A Cobasi conta com o Morgan Stanley uma vez que assessor financeiro e o escritório Pinho Neto Advogados uma vez que assessor jurídico.

 Quer permanecer por dentro das principais notícias do dia? Clique  cá
e faça segmento do nosso meato no WhatsApp

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios