SAÚDE

10 cuidados básicos para manter a saúde da voz

O uso excessivo da voz e o refluxo gastroesofágico são alguns dos problemas que podem afetar a saúde vocal (Imagem: Paranamir | Shutterstock)

10 cuidados básicos para manter a saúde da voz

No dia 16 de abril é festejado o “Dia Mundial da Voz”, que visa conscientizar a população sobre a preço da preservação da voz e os cuidados necessários para evitar possíveis doenças. “Muitas pessoas não se dão conta de que as alterações da voz podem ser sinais de doenças, uma vez que o cancro de laringe”, alerta Dr. Bruno Borges de Roble Barros, médico técnico em otorrinolaringologia.

Dessa forma, é preciso estar circunspecto aos
sintomas

que podem indicar que um pouco não está manifesto: “Qualquer modificação no timbre e na forma de colocar a voz, dor, tosse, pigarro ou rouquidão frequente já são sinais de que um pouco não está muito e é preciso investigar”, recomenda o técnico.

Problemas que afetam a saúde vocal

Conforme o Dr. Bruno Borges de Roble Barros, existem diversas doenças que podem interferir na qualidade da voz. Na puerícia, as
laringites

são as mais comuns, causadas por vírus ou bactérias. Nódulos vocais também são frequentes em crianças devido ao uso excessivo da voz.

Ainda segundo o médico, em adultos, as causas são mais variadas e podem incluir lesões por uso inadequado ou excessivo da voz, refluxo gastroesofágico, hábitos prejudiciais uma vez que o consumo de tabaco e álcool, doenças neurológicas uma vez que o Parkinson, traumatismo no nervura responsável pela movimentação das pregas vocais e alterações hormonais.

É importante primar que a rouquidão persistente por mais de duas semanas deve ser avaliada por um otorrinolaringologista para descartar a possibilidade de cancro de laringe.

Tratamentos mais indicados

O Dr. Bruno Borges de Roble Barros explica que o tratamento para problemas vocais irá depender do tipo de diagnóstico. Nos quadros infecciosos, podem ser indicados antibióticos e/ou
anti-inflamatórios

. Em caso de uso inadequado da voz, a fonoterapia pode ajudar a melhorar e prevenir novas lesões. Tratamento cirúrgico é reservado para suspeita de cancro ou lesões sem resposta à fonoterapia.

Cuidados para prometer a saúde da voz

A seguir, o Dr. Bruno Borges de Roble Barros explica uma vez que manter a saúde da voz.

1. Cuide da sustento

Uma sustento saudável permite que as pregas vocais se mantenham
saudáveis

. Uma sustento rica em gordura e mantimentos condimentados, aumenta a chance de refluxo gastro-esofágico, que piora muito a qualidade vocal e facilita o surgimento de lesões.

2. Aumente a ingestão de chuva

A ingesta de chuva em quantidade adequada mantém uma lubrificação sítio. Isto permite uma vibração livre de atrito e diminui a chance de lesões.

3. Não grite

Toda vez que gritamos, geramos um traumatismo nas pregas vocais. Elas geram a fala ao percutir umas contra as outras e no grito o impacto é muito intenso.

4. Fale pausadamente

Fale pausadamente, pois a voz é produzida pelo fluxo de ar dos
pulmões

e ação dos músculos da laringe, e sobrecarregá-los pode exigir um esforço maior.

5. Evite bebidas gasosas

As bebidas gasosas distendem o estômago e facilitam o retorno de ácido gástrico pelo esôfago até a região da laringe. Isso pode motivar rouquidão e tosse.

6. Não fume

As toxinas do cigarro podem afetar e irritar a laringe, deixando-a mais inchada e ressecada. Outrossim, o cigarro contém substâncias que são nocivas à mucosa que, associado a subida temperatura, são fatores de risco para o desenvolvimento de cancro.

7. Evite substâncias quentes

A subida temperatura traumatiza a mucosa que responde com modificações de suas células em uma tentativa de minimizar o traumatismo. No entanto, neste mecanismo, pode possuir metaplasia e, em situação privativo, até desenvolvimento de cancro.

8. Limpe o ar-condicionado e as pás dos ventiladores

Ao realizar oriente tipo de limpeza, diminuímos a exposição a alérgenos da via respiratória. A alergia é um fator que piora a qualidade vocal por levar a um edema na região.

9. Não ande descalço

A temperatura de nosso corpo (pés) em contato com o solo indiferente desencadeia a resposta de alergia na via respiratória. Dormir ou trespassar no indiferente de cabelo molhado, além de permanecer exposto a mudanças bruscas de temperatura, promovem o mesmo.

10. Desvelo com as mudanças de temperatura

Evite permanecer exposto a mudanças bruscas de temperatura, uma vez que entrar e trespassar de ambientes climatizados ou usar roupas inadequadas, pois isso pode afetar o organização uma vez que um todo e prejudicar a voz.

Por Mayra Barreto Cinel

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios